terça-feira, 26 de julho de 2011



Lembranças de uma avó


O que é a vida de uma avó?

A espera, a amarga espera...

Roubaram seus sonhos ...

das paixões mal resolvidas

só sobraram feridas....

Teve a vida sofrida.

A luta, a disputa, a paixão,

a resignação, o viver, o sofrer

O Trabalho pesado seu tempo tomou

os prazeres da vida pouco aproveitou

Teve os seus netos, deu-lhes afeto

por eles brigou.

Nesse tempo eu lembro de vê-la feliz...

Um lugar, um lar foi tudo que quis

seus sonhos aqui, não realizou.

Deus queira que aí tu sejas feliz.




5 comentários:

  1. Olá Zélia,

    Belíssima homenagem, me sensibilizei, perdi uma avó ano passado, ainda dói. Na verdade, não a perdi, sempre a encontro em minha memória.

    Abraço com carinho!

    ResponderExcluir
  2. Uma vida de dedicação, de doação. O esquecimento do "eu", a felicidade de realizar sonhos de entes queridos sem vivenciar os próprios. Avós sempre foram AMOR.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá querida Zélia,
    Que lindo, amiga. Que sensibilidade profunda estes versos trazem. Lembram-me também, de minha amada avó, que praticamente me criou. Quanta saudade! Que ela esteja, tal como você diz, em seu poema, lá pertinho de Deus.
    Emocionou-me muito sua postagem.
    Um grande beijo,
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  4. Pura sensibilidade. Parabéns.

    beijo

    ResponderExcluir

Assim nasceu 2010!

Assim nasceu 2010!
A exuberancia da natureza se manifesta em toda a sua plenitude. Feliz 2010

A metamorfose

A metamorfose
Flagrante da vida que surgirá em 2010. Que cor terá? Só sei que virá para tornar minha vida mais feliz quando pousar em meu jardim. Embora sua passagem seja breve valeu a pena esperar por esse momento. Cada ser tem sua missão aqui neste planeta e a dela é de embelezar e alegrar nossas vidas.

Nós, minha filha e eu

Nós, minha filha e eu
É maravilhoso estar perto de quem se ama!

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.
Está na beleza da flor a essência do que não se vê, mas apenas se sabe que existe, o inegável , o verdadeiro mistério da criaçãol.

Pra não dizer que não falei de pássaros...

Pra não dizer que não falei de pássaros...
No beiral de minha sacada um estranho fez seu ninho. Nos dias de frio ficamos nos observando: cada um na sua. Há espaço para todos, sempre cabe mais um. E ali ficamos respeitando nossos limites a nos observar mutuamente. Já me acostumei com sua presença. Seja bem-vindo, a casa é sua...

Último luar de 2009

Último luar de 2009
A natureza é sabia!