sexta-feira, 13 de maio de 2011

13 de maio

Tanta coisa para falar ... depois de ficar sem poder postar e ter perdido alguns comentários de meus seguidores... Mas deixa pra lá.
Hoje, sexta-feira 13... Mas foi um bom dia!



Casa brasileira


A casa era brasileira, sim,


Mangueiras no quintal e rosas no jardim,


a sala com Cristo e a cristaleira


E sobre a geladeira da cozinha um pinguim.


A casa era uma casa brasileira, sim,


Um pouco portuguesa, um pouco pixaim.


Toalhas da Ilha da Madeira


E atrás da porta arruda e uma figa de marfim.


A casa era assim ou quase.


A casa já não está mais lá,


Está dentro de mim.


Cantar me lembra o cheiro do jardim.


A coisa é coisa brasileira, sim,


O jeito, a maneira, a identidade enfim.


E a televisão, essa lareira,


Queimando o dia inteiro a raiz que existe em mim.


A casa era assim


Um pouco portuguesa e pixaim.


Geraldo Azevedo e Renato Rocha






Na roda do tempo, hoje, também reverenciamos os " Pretos Velhos". Salve Irmãos!

9 comentários:

  1. Salve! Merecem uma reverência.
    A casa fica dentro do coração , fazendo aflorar as lembranças.

    Zélia

    Se você me dedicar seu voto na eleição do "blog da semana", criado pelo Will, ficarei feliz. Aliás, só a indicação da Van já me alegrou bastante.A votação se inicia em 14/05/2011 às 12:00 HORAS e ficará aberta até o dia 21/05/2011 no BLOG DO SUPER WILL http://wwwwillblog.blogspot.com, idealizador do Selo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. hahaha Zélia

    eu não tinha ligado uma coisa com a outra, sexta 13 e perda de comentários e posts, vai ver tem alguma ligação.rsrsrs

    Obrigada querida, pela amizade e incentivo sempre, beijos!

    ResponderExcluir
  3. ZÉLIA,
    FOI LAMENTÁVEL MESMO O DESAJUSTE DO BLOGSPOT.
    PARA MIM SERVIU PARA PERCEBER COMO FICA RUIM NÃO PODER ME COMUNICAR COM OS MEUS AMIGOS VIRTUAIS, QUE JÁ ESTOU CONSIDERANDO AMIGOS DE LONGA DATA, DADA A AFINIDADE.

    SABE QUE AO LER SEU POST FOI COMO SE EU ESTIVESSE DENTRO DA CASA?
    BEIJO.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Zélia, bom dia!

    Passando aqui pra deixar um Oi e um bjo.

    ResponderExcluir
  5. Salve !
    Boa lembrança Zélia, dos q/ ajudaram a construir nosso Brasil.
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Um amigo verdadeiro é alguém que chega quando todos os demais se vão, e se fica quando todos os demais desapareceram. Graças por ser meu amigo.
    Uma boa semana
    Bjs com carinho

    ResponderExcluir
  7. querida amiga estou num corre corre, mas agora pausa para os convites kkk vim te convidar a participar do 4º Pena de Ouro o convite está na minha Ilha acima das postagens. Estou te esperando no ostra, seja como participante ou apreciadora da poesia. beijos no coração!

    ResponderExcluir
  8. Saudade é um pouco como fome.
    Só passa quando se come a presença.
    Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco:
    quer-se absorver a outra pessoa toda.
    Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é
    um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.
    Clarice Lispector
    Uma feliz semana beijos ternos e carinhosos,,Evanir
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. .

    Estou te seguindo, siga-me
    também...

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir

Assim nasceu 2010!

Assim nasceu 2010!
A exuberancia da natureza se manifesta em toda a sua plenitude. Feliz 2010

A metamorfose

A metamorfose
Flagrante da vida que surgirá em 2010. Que cor terá? Só sei que virá para tornar minha vida mais feliz quando pousar em meu jardim. Embora sua passagem seja breve valeu a pena esperar por esse momento. Cada ser tem sua missão aqui neste planeta e a dela é de embelezar e alegrar nossas vidas.

Nós, minha filha e eu

Nós, minha filha e eu
É maravilhoso estar perto de quem se ama!

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.
Está na beleza da flor a essência do que não se vê, mas apenas se sabe que existe, o inegável , o verdadeiro mistério da criaçãol.

Pra não dizer que não falei de pássaros...

Pra não dizer que não falei de pássaros...
No beiral de minha sacada um estranho fez seu ninho. Nos dias de frio ficamos nos observando: cada um na sua. Há espaço para todos, sempre cabe mais um. E ali ficamos respeitando nossos limites a nos observar mutuamente. Já me acostumei com sua presença. Seja bem-vindo, a casa é sua...

Último luar de 2009

Último luar de 2009
A natureza é sabia!