sexta-feira, 20 de maio de 2011



Incertezas


Pois a vida quis assim:

a poesia está dentro de mim.

Se me alegra ou me faz sofrer,

em cada verso que componho

a esperança vira sonho

que acalenta o meu viver.

Já não sei se sou poeta,

minha alma vive inquieta.

De tudo que já vivi,

o amor que eu senti

não foi bastante pra mim...

Pelas noites eu procuro

em cada canto, no escuro...

a felicidade que perdi.


Zelia Cunha

27 comentários:

  1. Poeta é uma alma inquieta que escreve palavras soltas num acorde, nem sempre, melodioso da vida. Eu acho :)

    ResponderExcluir
  2. Ola, Zélia!
    Pão e poesia! Deveria ser um direito de todos.
    Obrigada pela visita e gostei de vir aqui.
    Bjão, bom fds

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro o resultado dessas inquietudes.
    Bom fim de semana pra ti.
    Beijinhus
    Nai

    ResponderExcluir
  4. Olá Zélia.
    Quem escreve versos lindos como estes, não pode ter dúvida se é poeta. Parabéns poetisa.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia Zelia!
    Beijo grande em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Zélia.
    Um belo fim-de-semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Bellísimo poema y muy bello tu blog.

    Gracias por tus huellas dejadas en mi blog.

    Un beso.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Zélia.

    Que maravilha de poesia!!
    Amei...

    Um grande abraço.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderExcluir
  9. Oi Zélia,
    Que belas palavras!
    Parabéns!
    Um lindo final de semana,
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  10. Você sempre consegue colocar as palavras em perfeita harmonia. Ficou lindo o poema.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. BELO POEMA, ZÉLIA.
    SER POETA É O QUE VOCÊ FAZ: ENCANTAR A TODOS COM AS PALAVRAS QUE BROTAM ESPONTÂNEAS DE SUA ALMA.
    BEIJO E EXCELENTE FIM DE SEMANA PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA.

    ResponderExcluir
  12. Mais belo escrito teu.. E ai amiga não estou vendo aqui teu selo participação no ostra da poesia :-( esqueceu????? amanhã, domingo, dia 22 começa a 2ª fase do Pena de Ouro no Ostra da Poesia e, como já sabes estas a participar com a poesia que me enviastes SOU ASSIM, então levanta a saia da cadeira vai ao Ostra pega teu selo participação (está na gadget a direita) e também o prêmio trovador Lírico por ter sido selecionada e ai começa a avisar teus amigos da tua participação... E VIVA A POESIA... Ah! amiga aproveita tua ida ao Ostra para se confraternizar com os participantes e vencedores da 1ª fase, a finalidade do concurso maior é esta A INTERAÇÃO ENTRE OS BLOGUEIROS. Beijos n'alma!

    ResponderExcluir
  13. Zél!
    És poetisa e das boas! Que lindo poema. Um show de expressão! Parabéns por ter as palavras voando em torno de si!

    bj

    Catita

    ResponderExcluir
  14. Linda Poesia.
    Da hora teu blog
    parabéns.
    Seguindo certo,me segue ai tbm.
    http://www.hiphopface.org/
    abçs
    @Ativista2

    ResponderExcluir
  15. Boa noite Zélia podes não ser poeta, mais é com certeza poetisa das boas.
    Obrigada pela visita e bem vinda ao meu blog!
    Carla

    ResponderExcluir
  16. Olá Zélia. Linda poesia. Muito obrigada pela visita e pelas palavras de carinho. Estarei te seguindo. Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  17. Olá! Adorei sua visita e palavras tão carinhosas. Não sou das letras nem da educação,mas de vez enquando vem a inspiração,digito as palavras,mas, quem escreve é meu coração! rs...O seu então está todinho aqui em versos perfeitos e deliciosos de se ler. Parabéns poetisa! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  18. ZÉLIA VOCE É UMA MARAVILHOSA COM UM ESTILO TODA SEU UM CONTEUDO PROFUNDO,DOCE,TEM TUDO DE BOM
    PARABENS AMEI SEU POEMA E TAMBEM SUA VISITA
    VIM RETRIBUIR,E CONVIDAR PARA QUE VENHA QUANTAS VEZES SENTIR NO CORAÇÃO,POIS ELE É NOSSO GUIA INFALIVEL,UM ABRAÇO AMIGA BOM DOMINGO
    MARLENE

    ResponderExcluir
  19. Olá, querida poetisa!

    A alma do poeta é assim: intensa e mutável como as estações! Lindo poema, e que o outono aqueça nossos corações para exalarmos em versos nossos sentimentos!...

    Beijos e tenha um lindo fim de domingo

    ResponderExcluir
  20. Querida Amiga.
    Um belissimo poema excelente para uma tarde de Domingo.
    Uma linda semana beijos no coração ,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. "Já não sei se sou poeta..."
    Se a alma vive inquieta
    e acaba escrevendo, enfim,
    te diria... e estou certa:
    Poesia se faz assim...

    Lindo, Zélia!
    Prazer enorme em conhecer tuas letras!
    Beijo grande a você!

    ResponderExcluir
  22. Oi que palavras sábias!
    Beijo desculpe a demora!
    Beijo
    Aline.

    ResponderExcluir
  23. "Se me alegra ou faz sofrer
    em cada verso que componho
    a esperança vira sonho..."

    E é isso amiga, este transbordar de sentimentos às vezes sofridos,partilhados pelos que nos entendem, é um sonho que apesar de tudo ainda nos alegra!
    Parabéns!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Zelia,que bela poesia!O poeta é mesmo uma constante mutação!Ficou muito tocante essa poesia!Eu adorei!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  25. Também lhe quero dar os meus sinceros parabéns pelo seu blog, que é uma delícia! Adorei o seu poema a concurso e tenho a certeza de que será muito votado, pois merece! Bjs

    ResponderExcluir
  26. Zélia muito linda sua poesia...amiga fique a vontade para pegar os gifs que você quiser viu....beijos...

    ResponderExcluir

Assim nasceu 2010!

Assim nasceu 2010!
A exuberancia da natureza se manifesta em toda a sua plenitude. Feliz 2010

A metamorfose

A metamorfose
Flagrante da vida que surgirá em 2010. Que cor terá? Só sei que virá para tornar minha vida mais feliz quando pousar em meu jardim. Embora sua passagem seja breve valeu a pena esperar por esse momento. Cada ser tem sua missão aqui neste planeta e a dela é de embelezar e alegrar nossas vidas.

Nós, minha filha e eu

Nós, minha filha e eu
É maravilhoso estar perto de quem se ama!

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.
Está na beleza da flor a essência do que não se vê, mas apenas se sabe que existe, o inegável , o verdadeiro mistério da criaçãol.

Pra não dizer que não falei de pássaros...

Pra não dizer que não falei de pássaros...
No beiral de minha sacada um estranho fez seu ninho. Nos dias de frio ficamos nos observando: cada um na sua. Há espaço para todos, sempre cabe mais um. E ali ficamos respeitando nossos limites a nos observar mutuamente. Já me acostumei com sua presença. Seja bem-vindo, a casa é sua...

Último luar de 2009

Último luar de 2009
A natureza é sabia!