quinta-feira, 25 de agosto de 2011




A vida é um incêndio: nela


dançamos, salamadras mágicas.


Que importa restarem cinzas


se a chama foi bela e alta?


Em meio aos toros que desabam,


cantemos a canção das chamas!


Cantemos a canção da vida,


na própria luz consumida...


Mário Quintana

7 comentários:

  1. Mário Quintana... Maravilhoso!!!

    "...cantemos a canção das chamas!Cantemos a canção da vida..."

    Tenha uma Bela Noite!!!
    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  2. Quintana é imbatível. Adoro.Parabéns pela escolha! Forte abraço.Eloah

    ResponderExcluir
  3. Mario sempre com as palavras certas!
    Obrigada pela visita ao Algodão Doce!
    Seja sempre bem vinda. ;**

    ResponderExcluir
  4. Grande Mário Quintana!.. Simplesmente formidável!

    Beijokas super em seu coração Zélia!

    Verinha

    ResponderExcluir
  5. Excelente poema de Quintana! Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. O poeta que tinha alma de criança.
    Maravilhoso.
    Um excelente final de semana para você!

    ResponderExcluir

Assim nasceu 2010!

Assim nasceu 2010!
A exuberancia da natureza se manifesta em toda a sua plenitude. Feliz 2010

A metamorfose

A metamorfose
Flagrante da vida que surgirá em 2010. Que cor terá? Só sei que virá para tornar minha vida mais feliz quando pousar em meu jardim. Embora sua passagem seja breve valeu a pena esperar por esse momento. Cada ser tem sua missão aqui neste planeta e a dela é de embelezar e alegrar nossas vidas.

Nós, minha filha e eu

Nós, minha filha e eu
É maravilhoso estar perto de quem se ama!

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.
Está na beleza da flor a essência do que não se vê, mas apenas se sabe que existe, o inegável , o verdadeiro mistério da criaçãol.

Pra não dizer que não falei de pássaros...

Pra não dizer que não falei de pássaros...
No beiral de minha sacada um estranho fez seu ninho. Nos dias de frio ficamos nos observando: cada um na sua. Há espaço para todos, sempre cabe mais um. E ali ficamos respeitando nossos limites a nos observar mutuamente. Já me acostumei com sua presença. Seja bem-vindo, a casa é sua...

Último luar de 2009

Último luar de 2009
A natureza é sabia!