quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013


Acordei hoje com tal nostalgia de ser feliz. Eu nunca fui livre na minha vida inteira. Por dentro eu sempre me persegui. Eu me tornei intolerável para mim mesma. Vivo numa dualidade dilacerante . Eu tenho uma aparente liberdade, mas estou presa dentro de mim.
                          Clarice Lispector

8 comentários:

  1. Olá Zélia
    Clarice sabia como ninguém sobre a alma humana, ela fala em seus escritos por todos nós.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Meu Anjo..
    sempre que eu puder estarei juntinho de você.
    Eu sei sou uma Indomável Sonhadora além de amar ser blogueira,
    e acima de tudo o carinho que tenho
    por você .
    Hoje estou passando em todos os blogs que eu conseguir passar
    sinto saudades de cada amiga(o) por isso estou fazendo o melhor que posso fazer.
    Com o meu coração pesado de tristeza e angústia,
    por não conseguir fazer tudo quanto gostaria .
    Mesmo assim agradeço ao grande Pai Maior
    ainda que do jeito mais humildade consegui vir até
    seu blog para desejar um abençoado final de semana.
    Um feliz Domingo.
    Beijos paz e luz,,Evanir.

    ResponderExcluir
  3. Oi Zélia tudo bem ?
    muitas pessoas tem felicidades aparentes, mas vive um verdadeiro trauma por alguma coisa que prende ao passado!. Conheço muitas pessoas assim!
    ***********************************
    obrigado pela visita! um beijão e um abração!!

    ResponderExcluir
  4. LINDO DEMAIS,ZÉLIA.


    POR ISSO,TENHO SEU BLOG EM FAVORITOS.

    TEM BELEZA E CONTEÚDO!


    VIM AQUI PARA UM PEDIDO AGORA:

    Vote em mim no blog do Thiago.

    Estou participando da Gincana sobre a mulher!

    Veja meu último post,ok?


    Bjs

    Donetzka

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    Há visitas aos lugares amigos,
    para recolher palavras.
    Há visitas a estes mesmos lugares
    Para semear palavras.
    A visita de hoje além da leitura
    das preciosas palavras que aqui encontro,
    é também para agradecer
    a alegria de passar pela sua vida
    e encontrar o perfume da amizade
    de forma tão intensa.

    Que a sede da alegria
    Nunca cesse em ti.

    ResponderExcluir
  6. Tal qual rio que desconhece a própria alma... Ora correm águas turbulentas, ora águas serenas. Porém, são verdes os braços desse rio. São verdes as árvores agarradas a ele no tempo... É assim que vislumbro Clarice, manancial à nossas almas sedentas... Almas parecidas a dela.
    Grande beijo!!!!

    ResponderExcluir
  7. Linda postagem, Zélia.

    E Clarice disse bem. As vezes a gente se sente assim, ora livre, ora encarcerada por esta sociedade que só nos dita padrões.

    Lindos dias para você.
    bjs

    ResponderExcluir

Assim nasceu 2010!

Assim nasceu 2010!
A exuberancia da natureza se manifesta em toda a sua plenitude. Feliz 2010

A metamorfose

A metamorfose
Flagrante da vida que surgirá em 2010. Que cor terá? Só sei que virá para tornar minha vida mais feliz quando pousar em meu jardim. Embora sua passagem seja breve valeu a pena esperar por esse momento. Cada ser tem sua missão aqui neste planeta e a dela é de embelezar e alegrar nossas vidas.

Nós, minha filha e eu

Nós, minha filha e eu
É maravilhoso estar perto de quem se ama!

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.

Os mais belos versos de amor que nenhum homem escreveu. Somente feitos por Deus.
Está na beleza da flor a essência do que não se vê, mas apenas se sabe que existe, o inegável , o verdadeiro mistério da criaçãol.

Pra não dizer que não falei de pássaros...

Pra não dizer que não falei de pássaros...
No beiral de minha sacada um estranho fez seu ninho. Nos dias de frio ficamos nos observando: cada um na sua. Há espaço para todos, sempre cabe mais um. E ali ficamos respeitando nossos limites a nos observar mutuamente. Já me acostumei com sua presença. Seja bem-vindo, a casa é sua...

Último luar de 2009

Último luar de 2009
A natureza é sabia!